PSICOGRAFIA ONDE COLOCAR O SAL

“ONDE COLOCAR O SAL”

ONDE COLOCAR O SAL

“O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d’água e bebesse.


Qual é o gosto?

– perguntou o Mestre.


Ruim – disse o aprendiz.


O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.


Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago.
Então o velho disse:

– Beba um pouco dessa água.


Enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou:

– Qual é o gosto?


– Bom! Disse o rapaz.


– Você sente o gosto do sal?

Perguntou o Mestre.


– Não…

– disse o jovem.


O Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:


– A dor na vida de uma pessoa não muda.

Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos.


Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta.


É dar mais valor ao que você tem, do que ao que você perdeu.


Em outras palavras:

É deixar de Ser copo para tornar-se um Lago.


Somos o que fazemos, mas somos principalmente, o que fazemos para mudar o que somos… ”

Sal, Conheça suas forças!

O sal grosso é visto como um forte purificador de domínio.

Grupos de pessoas inconfundíveis utilizam sal para combater o olhar hostil e proteger a casa de energias nocivas.

O sal é uma pedra preciosa e, ao longo dessas linhas, emana ondas eletromagnéticas que podem ser estimadas por radiestesistas.

Tem um comprimento de onda semelhante ao sombreamento violeta, adequado para equilibrar campos eletromagnéticos negativos.

Visto do instrumento de ampliação, o sal bruto descobre que é uma gema, emoldurada por pequenos quadrados ou formas niveladas.

As energias espessas mais frequentemente concentram-se nos lados da casa. Portanto, colocar um copo de água com sal grosso ou sal de mesa ajusta esses poderes e torna a casa mais leve.

Para uma sala normal onde poucas pessoas fluem, um copo de água salgada em dois cantos é adequado.

Em alguns dias você pode ver a distinção. No momento em que as bolsas de ar estruturam chegou a hora de restaurar a água salgada.

O arranjo de sal e água também está pronto para extrair do ar as partículas positivas, ou seja, as partículas de vitalidade elétrica, e reequilibrar a vitalidade das situações.

Particularmente no interior, sem brilho ou mesmo antes de uma tempestade, essas partículas têm um impacto fortalecedor e podem causar pressão e perturbação.

A rotina direta com relação à limpeza com sal e água deve ser feita com a menor inclinação de que a terra é carregada após batalhas ou no

entardecer no quarto, para que o descanso não fique irritado.

Os chuveiros de sal grosso e o banho de pés antiquado (absorvem a solução salina quente dos pés) têm a capacidade de matar a força do corpo.

Para as pessoas que moram longe da costa do mar, é um método incrível para relaxar e restaurar a vitalidade.

Acabou de ser visto como ouro branco (água salobra para proteger os alimentos).

Os indivíduos vêm criando estratégias de utilização de sal, conforme retratado abaixo:

Uma mancha de sal em seus ombros dissipa o desejo.

Para evitar o olhar hostil ou manter uma distância estratégica de convidados indesejáveis, caboclos e caipiras regularmente colocam uma

linha de sal na porta ou um copo de solução salina na metade esquerda da passagem.

Misturar sal com água ou licor evita que todas as coisas terríveis perceptíveis ao redor, descontaminem e evitem a inveja, o mau cheiro dos olhos e outras emoções insignificantes de entrar na casa.

Após uma reunião, lave todos os copos e pratos com sal grosso para matar a vitalidade dos visitantes, limpando a louça para o dia a dia.

Lavar a louça com bicarbonato de sódio descarrega a terrível vitalidade e é desenrolador.

O principal alerta não é molhar a cabeça, pois é nesse local que nossa alma vive e não deve ser morta.

Nos costumes africanos, quando alguém se muda, as principais coisas a entrar na casa são: um copo de água e outro com sal.

Eles utilizam sal seco do oceano em um pires branco atrás da entrada para atrair a vitalidade negativa do competidor.

Além disso, eles lavam água salgada com ervas para restaurar sua vitalidade interior e querem viver.

No Japão, o sal é visto como um incrível purificador.

Os japoneses mais habituais jogam sal todos os dias na entrada e em qualquer ponto em que a visita for feita.

Imagem de dedicação na luta de sumô. Os chefes jogam sal no ringue para fazer com que a batalha continue com segurança.

Mapa Astral Completo Com Missão de Alma

Deixe uma resposta