Psicografia de Paulo Sérgio Jovem Guarda

Psicografia de Paulo Sérgio Jovem Guarda

Psicografia de Paulo Sérgio

Psicografia de Paulo Sérgio


Psicografia Lino Zechetto
Araçatuba SP
08/07/018

Boa tarde, queridos amigos presentes. Saudades… que bom escrever para vocês, cartinha abençoada essa.
Vai para os meus queridos amigos e fãs.

‘Pauletes’

Anjos
São anjos que cantam que dançam, fazem coro em orações

Espalham o amor, esplendor
São reais, angelicais

Nos acompanham, cantam com a gente

Transmitem alegria, poesia, levitam no ar

Nos dão forças, colaboram

Fazem com que cantemos todos os segredos que habitam em nós

Nos palcos da vida, outrora vívida, cantei o amor

Fui feliz, fiz sucesso, nos cartazes, nas mídias, shows do Paulo Sérgio

Os discos girando, minha voz alcançando

Nas rádios, nas ruas, admiração, consagração, das pessoas ao me ouvirem cantar

Tudo passou tão rápido…

Ídolo reconhecido, aclamado

Para o céu fui chamado, nem dando tempo pra pensar

Que da felicidade que eu tive, por mais calor, clamor, que do meu querido, amado público sentisse

Eram nos bastidores, nos camarins, nos hotéis onde estivesse

Minhas amigas do peito, minhas Pauletes

Suas artes, seus gestos, manifestos, amor incondicional…

Não pelo artista, mas, pelo Paulo que me davam forças pra continuar

Hoje daqui, ouço o coral, vejo, contemplo as danças dos Anjos

Me pego pensando…

Porque não, daqui uns tempos, alguns anos talvez…

Não estejamos reunidos, nesse mundo mais equilibrado, menos carente

Paulo Sérgio e sua Gente, novamente no ar.

#481
Paulo Sérgio
Psicografia Lino Zechetto
Araçatuba SP
30/03/017

# a canção, nesse vídeo, tem relação direta com à Psicografia.

Me referindo a uma canção ‘Multicolorida,’ luzes coloridas já não me incomodam mais.
Vejo o mundo de forma Natural.
E precisei ‘Morrer’ para Viver isso.

‘ Multicolorida ‘

No mundo em que vivo, não me envolvi, com nada que eu não quis

O Bem nos traz
uma força positiva superior

Que acaba, aniquila, com às intenções de quem deseja nos trazer malificios, dor

Hoje, vivo minha vida em paz

Trago no peito, um coração que bate forte,
compassos de puro amor

No rosto, um sorriso largo, farto de quem admirado, acaba de ter provado que a caridade, o amor sem pretensões, segundas intenções
Existem…

Na alma frágil, cansada
que partiu dá Terra levando nada

Se fortaleceu, superou e hoje, certeza, sou um espírito que traz comigo
as bagagens de outras vidas

Que me tornam
um completo artista,
transformando minha voz
além de ser bonita para ser ouvida

Um meio de se propagar à alguém, tudo que existe, é bom
que vem do além

Se tornando a porta voz
do meu coração

E ele, bate, pulsa forte,
quer transmitir, se comunicar

Ele, um coração amigo
mas, exigente

Faz com que eu
agora em minha mente
seja razoável, ponderável

E cante com minha voz
suave e forte, o que aprendi através do sofrimento e dor pelos caminhos que percorri

Hoje, trato as coisas
do coração, emoção,
com bem mais serenidade

Respeito meus semelhantes
não faço frases, formo versos prá despertar atenção, comoção

Me apresentando com tranquilidade

Faço letras, faço as músicas, nascem as canções, altivas, mais belas

A magia continua, livre, solta, nas alturas

Enfim, saí das luzes multicoloridas

Vivo, como sempre desejei, o Mundo Natural

À vocês que residem, por hora na Terra, um grande abraço.
Paulo Sérgio

Deixe uma resposta