200.000 PESSOAS PERDIDAS POR CICLONE NA ÁFRICA CICLONE PODE AFETAR O BRASIL

200.000 PESSOAS PERDIDAS POR CICLONE NA ÁFRICA CICLONE PODE AFETAR O BRASIL

CICLONE NA ÁFRICA . A passagem do ciclone Idai pelo sul da África destruiu casas, hospitais, estradas e deixou centenas de mortos e desaparecidos. Moçambique, Zimbábue e Malauí são os países mais atingidos.

CICLONE PODE AFETAR O BRASIL E 200.000 PESSOAS PERDIDAS POR CICLONE NA ÁFRICA

O Idai originou-se de uma depressão tropical que se formou na costa leste de Moçambique no início de março e que foi ganhando força à medida que seguiu rumo ao continente.

O presidente moçambicano, Filipe Nyusi, afirmou em entrevista para uma rádio estatal que o número de vítimas do ciclone pode passar de mil – até o momento, a contagem oficial de mortos está em 84.

Qual a diferença entre furacões, tufões e ciclones?

Por que é tão difícil um furacão atingir o Brasil?

Depois de sobrevoar as áreas mais atingidas, o presidente moçambicano disse ter visto corpos boiando em rios. Nyusi classificou a destruição deixada pelo ciclone como um “verdadeiro desastre humanitário”.

O governo de Moçambique estima que 100 mil pessoas precisam ser resgatadas e que outras 600 mil foram atingidas por enchentes, delizamentos e desabamentos provocados pleo Idai.

Um levantamento aéreo feito pela ONG Save The Children mostra que uma faixa de terra de 50 km está submersa na província mais atingida pelo ciclone. A inundação foi causada depois que o rio Buzi transbordou.

A cidade que leva o mesmo nome do rio, onde vivem mais de 2,5 mil crianças, pode ficar completamente deibaixo d’água em 24 horas, segundo alerta da Save the Children.

O governo do Zimbábue declarou estado de calamidade nas áreas afetadas pela tempestade.

Até o momento, o país contabilizou 98 mortes e 217 desaparecidos. Entre as vítimas estão dois alunos de um internato, que morreram depois que o dormitório foi atingido por pedras que rolaram de uma montanha.

O presidente Emmerson Mnangagwa disse que o governo está conduzindo missões de resgate e entregando ajuda alimentar.

Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-47622803

Deixe uma resposta